quinta-feira, 1 de abril de 2010

Não quero migalhas, quero o bolo todo.


Não sei se já vos tinha dito mas sou apaixonadamente feliz. Porque, no fundo e na verdade, em cada dia que passa recebo dezenas de presentes que muitas vezes nem reconheço mas que me preenchem os (poucos) recantos que existem vazios e, a partir do momento em que os olhos se abrem para tal, sou feliz. Sou apaixonada. Sou eu, princesa aos olhos de quem me souber ver como tal. Eu sei, eu sinto-me. E o resto é conversa, da boa, num Amor maior.

9 comentários:

Teresa Vilela disse...

E mai nada! Toma e embrulha!

P! disse...

ora ai está ela de baterias recarregadas :)

marta. disse...

tão bom :'D

Luís disse...

minha princesa =)***

Margarida disse...

há tanta falta de pessoas a saberem ver-se assim! e sempre te soube uma das 'outras', das raras, Ana.

Nice disse...

Realmente...ele há coisas que só o Senhor explica e mostra!At last,mana!Welcome back, já tínhamos saudades!

Diana disse...

Sim... por acaso gostava mesmo de ter ido ver mas também não deu por causa da escola. Anyway, consta que vão voltar em breve portanto ...

Joana Almeida disse...

Ora viva quem é uma flor! Ei-la que chega! xD

E comó há coisas que ficam sempre, claro que não podia deixar de haver aqui uma pequena comunhão de almas. Tenho andado a remoer no 'não quero migalhas'. Tenho dito.

Não, não tenho. Tenho a acrescentar que gosto de ti aos magotes!

Maria Inês disse...

Isto sabe bem.