domingo, 14 de fevereiro de 2010

Confissão.

Uma imagem vale mais que mil palavras.

Hoje sentei-me a observar as mil imagens (que valerão à volta de um milhão de palavras) de que a minha vida se compõe. Apeteceu-me rasgar algumas, encontrar o botão de delet ou então fazer reset geral e começar de novo. Diz que é impossível. E eu fiquei a olhá-las e a descobrir-me nelas. Sacudi o pó dos sapatos e embrenhei-me em novos caminhos.

13 comentários:

P! disse...

As xs também revejo coisas k quero apagar, mas prefiro pensar k sou maior que outrora :)

Margarida disse...

tenho por hábito fazer isso, e apesar de muitas das imagens serem as mesmas, há sempre uma descoberta nova. o pó apura-me os sentidos, sabes?

Afonso disse...

Às vezes mais vale ficar a olhar a descobrirmo-nos nelas.

Teresa Vilela disse...

Gosto de caminhos novos!

D. R. disse...

É bom quando vemos que as coisas do passado nos fizeram crescer.

Talvez não nos consigamos rever nesse passado, mas foi esse passado que nos tornou neste presente. Por isso é que é tão importante.

Joana M. disse...

Às vezes também gostava de um recomeço limpo, uma página branca.
Mas podemos ter um futuro branco sem termos de apagar o passado, seja ele de que cor for.

marta. disse...

gostava de ser capaz!

Tyler_____Durden disse...

Só não é capaz quem não quer.

Desculpem-me mas é assim mesmo.

Maria Inês disse...

Quando isso passa, o que fica?

Margarida disse...

ama, ó se ama :)

cookiedarkside disse...

També, quem é que resiste ao 'Better Man' cantado e tocado pelo Filipe?! Só se for mesmo atrasadito xD

Tyler_____Durden disse...

cookiedarkside, chama-me atrasadito hhehehehehehehe.

Tyler_____Durden disse...

cookiedarkside, chama-me atrasadito hhehehehehehehe.