quarta-feira, 10 de outubro de 2007



Dizem que todos temos uma meia laranja. E dizem que calhando até temos mais que uma. Não posso ir contra aquilo que sinto, porque sinto-te como metade. Se calhar não és a melhor metade, nem a metade mais certa mas, infelizmente, isso não muda o que vai cá dentro. Quero separar-me de ti, gomo a gomo, e de vez. Por vezes acho que o consegui e volto a ser feliz, mas escondeste-te em sítios que nem eu conheci e reapareces, do nada. Aí volta tudo ao princípio. Como se fosse um iô-iô humano. Vou, venho, volto, viro, troco, choro, rio. Um circo ambulante. Mas tenho mesmo que te deixar ir. Quando me olho ao espelho não me reconheço e detesto isso.

6 comentários:

Catarina disse...

Ja eu gosto de vir aqui e ler estes teus bonitos "sentimentos".

Temos q tar um diazinho juntas pra falarmos sobre td e mais alguma coisa xD

Beijo da prima**

silvia lopes disse...

tb eu keria deixar ir algumas coisas ;)
gostei mto do teu texto =)

beijinho***

MS disse...

Eu acho que temos algumas meias laranjas para nós. Cada uma no seu devido lugar, que há espaço para todas.

Capiche? Há espaço para todas...sua meia laranja. xD

Quanto a tudo o resto...o reconhecimento voltará. Acredito eu e irás acreditar tu. :)

beijinhoo**

NR* disse...

Ola'

Bom..ja' vi k continuas a expressar-t d uma forma absolutamente genuína e singela. Gosto e pronto.Ja' tinha saudades d t 'visitar'.
Consigo perceber que a tua cabecinha está bastante esclarecida e isso e' bom, mto bom lol mto embora o facto d n t reconheceres ao espelho seja preocupante lool ..eu ando piorzito.. ando num 'auto-conflito labiríntico' [xii inventei esta agora], os meus neurónios andam todos 'a pancadaria ou 'a bordoada..eheh a palavra bordoada agrada-me.. lool

Beijinho**

pekenina disse...

O mais complicado é quando queremos largar uma metade que teima em não nos largar! Sei bem o que isso é :|

bjnhos ***

ritapalhoco disse...

Quando não consegues lutar contra os sentimentos, aceita-os e aprende a viver com eles... Na laranja, quando separas as metades, há veios que se quebram, há esguichos de sumo, há sumo que se perde... A parte superior de cada metade começa a secar e a endurecer... Mas se apertares a metade da laranja, entendes que afinal ainda tem muito sumo, todo no seu interior... E que por mais sumo que se tenha perdido, ainda permanece o sabor genuíno e individual de cada metade...

Amor, há sempre metades mais perfeitas que outras, e vai doer sempre perder uma metade, apesar da sua imperfeição... Mas não te esqueças nunca do sumo que trazes dentro de ti e que não se perdeu, nem se perderá ;)

Beijinho muito grande e muita força ;) Estou contigo meu bem****