terça-feira, 13 de março de 2007

Deixa-me abrir-te as asas...


Sempre me garantiste que podias voar, quando quisesses. Hoje peço-te: abre as tuas asas e abriga-me com a ternura que só a tua segurança me traz. A solidão invade-me com o seu hálito gelado. Paralisa-me e desorienta-me no mapa do teu corpo. És porto de abrigo, sei que sim. Se quiseres, leva-me contigo nessas viagens onde descobres mundos em que é bom permanecer. Onde não dói pisar a terra, porque é terra de paz. Até os passos me doem, aqui. Por isso peço-te: mima-me, protege-me nessas asas de âmbar onde sonhamos juntos um amor perfeito, com o rubor das papoilas. Traz para perto o cheiro certo de quem ama, quebra as regras e envolve-me. Tu, que és como o arco-íris, pintado de várias cores, misturando o sol e a chuva, abre as asas e protege-me. Recolhe-me deste mundo apagado, da claridade das ideias mortas. Leva-me onde se guardam segredos, bem perto de ti, tão longe daqui. Estou só e pior que isso sinto-me sozinha. Por isso, desenlaça o corpo e abre as tuas asas para mim.
Aconchego-me no teu calor, na tua voz e perco-me outra vez na segurança de sentir. Só peço que abras as asas, abraces o desejo único de adormecer esta solidão. Traz-me o teu dia azul, inventado pelos teus olhos. Traz-me as tuas asas e esse dom de voar. Fecha-as. Protege-me.






* Aí há uns tempos o Nuno disse que seria engraçado uma parceria minha e da Mónica ... Aqui está ela. Segundo a Mónica, damos um rebuçado a quem acertar "quem escreveu o quê"... :) Ela é, sem a mínima dúvida, especial. E o toque dela tornou todo o texto especial. De uma beleza sublime. Gosto dela, pronto! =D *

8 comentários:

MS disse...

Ahh pois é!! Também gosto de ti :))

HUmm..pois um rebuçado já não era nada mau. Quero ver quem acerta à primeira...xD.

Bem..realmente o desafo foi ideia assim do Nuno, e eu achei graça. A partir de uma frase apenas continuei a ideia dela e gostei. Assim vale a pena:) Que venham mais destes...xD =)


beijinho grande***

Nuno disse...

Um encanto. De facto, surtiu efeito. O produto final é algo d grandioso, explêndido. Superou as expectativas. Obrigado pla surpresa, e q surpresa!

Qto ao desafio, mais um, (agora pegou moda lol) é definitivamente um desafio complicado, pk a tua escrita, tem um bocadinho da Mónica e vice-versa. Vçs são mto parecidas, identificam-se e pronto xD
Já me posso considerar um profundo conhecedor, e também fã, daqueles assíduos, dos vossos blogues, acho q n vou falhar nas minhas apostas, apesar da imensa dificuldade.

Há certos pormenores, declaradamente d uma e d outra. Digo eu lol

Ora aqui vai, n me vou esticar mto, d modo a evitar q as probabilidades de errar aumentem, né? lolol

Estas frases são, a meu ver, da Ana:

"Aconchego-me no teu calor, na tua voz e perco-me outra vez na segurança de sentir. Só peço que abras as asas, abraces o desejo único de adormecer esta solidão".(...)"Recolhe-me deste mundo apagado, da claridade das ideias mortas. Leva-me onde se guardam segredos, bem perto de ti, tão longe daqui."

Da Mónica:

"Paralisa-me e desorienta-me no mapa do teu corpo. És porto de abrigo, sei que sim. Se quiseres, leva-me contigo nessas viagens onde descobres mundos em que é bom permanecer." (..) "Traz para perto o cheiro certo de quem ama, quebra as regras e envolve-me".


Acho q estou a arriscar demasiado.

lololl

Que queridas, gostei mto.

bjos*

W_esc disse...

Consigo dizer quem escreveu o quê, mas só em algumas partes....
Esta por exemplo "Traz-me o teu dia azul" foram os D'ZRT!!!! :D:D

paulo disse...

Pronto.. Sou o Paulo, o amigo da mónica =P Espero que ñ te importes.. lol

Epá.. Ñ sei a solução, sou mesmo um despassarado =( Mas quero um rebuçadooooo lol

Beijinhos para a menina mónica e para a amiga dela, 2 pessoas, concerteza, muito queridas =D

silvia lopes disse...

axo k vao ter k m dar o rebuçado a mim :p pk eu li o texto antes da monica ter escrito a parte dela, eh eh :p :p loool
bem, e parece k tenh duas colegas mto talentosas ;) Têm k fzr mais parcerias, pk o texto ta excelente mm adorei. É engraçado, eu sei kem escreveu o quê pk li antes, mas s n tivesse lido n sabia, pk vocês "fundem-se" mto bem, têm uma harmonia k parece k foi só uma pessoa a escrever!

jinhx***

MS disse...

Ninguém leva o rebuçado!! Fika pa nós..xD**

pekenina disse...

"A solidão invade-me com o seu hálito gelado. Paralisa-me e desorienta-me no mapa do teu corpo" - Foi a Mónica???

Agora deixaram-me a pensar...não consigo saber ao certo quem escreveu o quê! Quero mais parcerias destas, quero, quero...

Bjnh

Orlando Nascimento disse...

A poesia não tem autor. Nasce do coração. :)

Bjo