segunda-feira, 5 de abril de 2010

O Amor (também) usa pijama.

Pelo bater da porta adivinhou-lhe o humor; a cada fim do dia sempre fora assim. Em dias tranquilos e de feição a chave não gritava na fechadura e já sabia o que o esperava, assim que a sua cabeça espreitasse pelo batente da porta da sala. Iluminaria a divisão, fizesse chuva ou sol, num olhar sorridente. Em dias como os de hoje, em que a porta fora fechada de um golpe, as chaves não caíram na taça colocada para as recolher e lhe ouvia o remoer dos pensamentos, sabia qual a sua tarefa. Estava sentado no chão, nas almofadas vermelhas escolhidas para o efeito, rodeado de partituras incompletas. A guitarra jazia-lhe no colo e ali ficou, num abraço assoberbado. Sem emitir qualquer som permaneceu sentado, adivinhando-lhe as rotinas, pelo ouvido musical. Sabia de onde viera pois ouvira o som do plástico, característico dos sacos de supermercado e agora, o bater e abrir de armários confirmava-lhe isso mesmo. Numa fúria de arrumações colocava tudo no seu lugar, resmugando com a caixa dos cereais que era alta de mais para caber na última prateleira, onde costumava estar. Riu-se, não conseguiu controlar. Ela aproximou-se da sala, já descalça, e sorriu-lhe na luz ténue que chegava do hall. Pé ante pé e sem uma palavra tirou-lhe a guitarra dos braços, tomou-lhe as formas curvílineas e melódicas e aninhou-se no colo dele, desarmando-se de todas aquelas fúrias. Ele beijou-lhe os olhos, um de cada vez, como quem saboreia morangos no Verão. Respirou-lhe junto ao ouvido, sussurrando-lhe a melodia inacabada em que estava a trabalhar. Ela, abrindo os olhos, beijou-lhe a boca, sentiu-se musa e ardeu-lhe no peito tudo o que a fazia feliz.
- És o homem em pijama mais bonito que já vi, sabias?

9 comentários:

Sylvia Araujo disse...

Ahhhhhhh que lindo. Amor em rotina doce e simples é ainda mais amor...

Beijomeu

Joana Almeida disse...

Eu quero um homem que me espere de pijama e viola nos braços em fins de tarde cansados.

Maria Inês disse...

Um brinde ao amor.

Margarida disse...

às vezes chamo 'quentinho' ao Amor. e agora vieste-me dizer porquê :)

MS disse...

Eu tenho um amor assim :)***

Midnight Sun disse...

Adoro textos assim. Simples e cheios de significados. *

Margarida disse...

daqui a 5 minutos! (leva pijamas)

Margarida disse...

sim! djambé também, e ele canta para nós.

Margarida disse...

será que eles falam a língua dos Homens?