terça-feira, 16 de março de 2010

"Chamo-me Menina do Mar e não tenho outro nome." (*)


Eu sou feliz com pequenas coisas, sabiam? Talvez nunca tenham percebido porque até eu, ultimamente, me tenho esquecido disso. Sou feliz quando acordo em cima da hora e não me preocupo por ir chegar atrasada. Quando me espreguiço como um gato e salto da cama num pulo, esperando que ao levantar a persiana esteja Sol. Sou mesmo feliz quando está Sol e tenho tempo para me deitar no muro da faculdade, à conversa, enquanto me deixo beijar pelos raios miúdinhos que atravessam as nuvens. Quando posso almoçar, por entre conversas interessantes, sorrisos cúmplices, gargalhadas altas e histórias mirabolantes. Sou feliz quando saio do trabalho e tenho a surpresa de ainda ser de dia, mesmo que seja um dia em modo minguante, enquanto o Robbie me canta coisas boas ao ouvido. Sou feliz nas coisas simples e (porra!) tinha-me mesmo esquecido disso.




(*) A Menina do Mar de Sophia de Mello Breyner Andresen.

4 comentários:

marta. disse...

:)
que bom sentir essa boa energia!

Qel disse...

nunca é demais (re)lembrar-nos de estados de espíritos como esse, tenho-o dito! :) *

disse...

nós todos somos felizes com pequenas coisas, mas damos sempre mais valor às grandes. why? I don't know!

*Ariel* disse...

São mesmo boas energias que nos dás, a quem te lê, com este bocadinho :) Adorei a foto!
*