terça-feira, 12 de agosto de 2008


Casa. É isso que o Centro João Paulo II representa para mim. Foi mais uma semana passada em casa, recebida de braços e coração aberto. Eles relembram-me sempre o que é verdadeiramente importante e fazem-me sentir amada pelo que sou. Melhor ainda, deixam-me amá-los pelo que são. Na beleza e simplicidade de gestos inocentes. Numa ingenuidade infantil mas tão, tão meiga e doce. Eles, os meus meninos. Que me tocam e me fazem feliz. Que me ensinam a viver com a diferença, fazendo-me compreender que no fundo somos iguais. Que onde Deus nos sopra, na alma, sentimos o mesmo e vivemos o mesmo. Eles, com a inocência característica de cada um. Eu, no desejo de ser melhor e mais pura. Obrigada. A todos e a cada um que fizeram parte desta XisSol08. É sempre bom voltar a casa e sair de lá, para o mundo real, um bocadinho mais crescida e cheia de sopros que quero espalhar por aí.

1 comentário:

ERute disse...

O que disses só o consegue compreender quem já viveu uma experiência dessas...
São seres Felizes e que te dão toda a felicidade que têm e que tu precisas.
Obrigada por esse bocadinho de ti, que lhe levas.