terça-feira, 30 de outubro de 2007

Já não sei fechar o corpo. Não sei bater a porta do coração como fiz antigamente e fechar-me sobre mim, protegendo-me do que me fustiga e inquieta, no mundo escuro e vazio que me rodeia.
[ Porque é que eu penso nestas coisas dentro de um autocarro? Tenho que deixar de ouvir Toranja. :p ]

1 comentário:

MS disse...

Porque o Tiago sabe assim muito não? Se soubesses as coisas que eu penso no autocarro xD Quer dizer mais no comboio..é mais agradavel :P

Talvez seja bom não fechar a porta do coração. Nunca se sabe se não será melhor.:)

beijinho**