segunda-feira, 15 de junho de 2009

A emoção que eu não quero ocultar.

É isto. Por agora vou retirar-me de palco, pode ser? Sim, é mais um momento de insatisfação por fraqueza. E então? Dói-me a voz de cantar, os pés de acertar o passo com a coreografia e o corpo de dançar. E de vez em quando ainda me dói a alma.

2 comentários:

Joana Almeida disse...

A mudar a apresentação do blog desta maneira tava capaz de apostar que tens exame d Diferencial amanha! xD

AP disse...

Uma grande música daquele a quem muitos chamaram e chamam ainda de visionário. O verdadeiro hino do eterno insatisfeito.
Gosto.