quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009


É uma sensação nova. Má? Não, não diria isso. Diferente, simplesmente. Não me sinto menos amada, menos especial, menos tua. Estou como sempre estive (mesmo quando desesperava e me perdia ou me esquecia de como voltar aqui), aconchegada. Sei que estás aí e observo o ambiente pelo canto do olho. Às vezes com um sorriso tímido à mistura. E olhas-me sempre com olhos doces, sabendo precisamente cada linha do meu pensamento. Sei que o sabes mas por agora, escolho não dançar. Estou bem assim, não vás. Sei que ficarás à espera que te estenda a mão e voltemos a rodopiar, como só consigo quando me deixas livre, em Ti.

1 comentário:

pipinha disse...

les-me o pensamnt?! as xs axo k sim =)

abraço com saudds