quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Oração de S. Pedro *

Desespero muito facilmente, eu sei. É uma luta interior não o fazer mas acabo sempre por destruir tudo aquilo que deu tanto trabalho a erguer. A verdade é que quando as lágrimas me toldam a visão vejo melhor o mundo. E ontem isso aconteceu. As lágrimas correram e os ouvidos despertaram para o que tocava lá bem longe, apesar da proximidade do computador. A oração de S.Pedro... E tudo o que Deus me dizia através dela. Sou muitas vezes Pedro na minha relação com Jesus. Outras vezes até sou Judas. Mas quando sou Pedro sou diferente do verdadeiro apóstolo Pedro. Porque provavelmente Pedro prometia amar Jesus sem compreender a grandiosidade desse compromisso. E depois negou Jesus. E apesar disso, Jesus confirmou a Sua confiança nele ao escolhê-lo para chefe da Igreja. Quando sou Pedro prometo o mesmo a Jesus, o meu amor eterno. Compreendo a responsabilidade do compromisso e mesmo assim, prometo. E depois nego Jesus. E apesar disso, Jesus continua a escolher-me e a recolher-me dessas quedas. Ontem não neguei Jesus. Ontem compreendi a imensidão do amor de Jesus por Pedro e por mim. Compreendi que basta deixar-me tocar em cada momento do dia para os medos se irem dissipando, como o nevoeiro matinal. Basta-me ser instrumento do Espírito Santo na história maravilhosa que o Senhor quer escrever comigo.

2 comentários:

pipinha disse...

o que esta música me diz...
guardo-te

Joana Almeida disse...

Perco-me com esta música e com o exemplo de São Pedro... É, muitas vezes, quando penso neste exemplo que ouço o Senhor "segredar-me: Vem..."! E enquanto não ganho coragem para deixar definitivamente o barco na praia, vou-me deixando ir e vou vendo como é bom confiar-me a Ele e como me encontro quando me perco assim.

(E depois perco-me contigo e c a tua perfeição, já se sabe... xD)