quarta-feira, 16 de abril de 2008


Sinto-me assim. Protegida por Ti, despida de medos e receios em tudo, com tudo, para tudo. Frágil mas forte. Estranho no mínimo.. Nunca fui muito comum.

3 comentários:

Joana Almeida disse...

Q-u-e i-m-a-g-e-m!

pipa disse...

se soubesse o bem que isto se encaixa... "Pois quando sou fraco, então é que sou forte"
abracinho

cadernoamarelo disse...

Sempre especial