quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007


"Anda. Anda deitar-te ao pé d mim. Adormece ao meu lado e leva contigo os meus medos. Deixa-te ficar aqui, neste silêncio bom em que se diz tanta coisa. Deixa-me olhar para ti e decorar cada traço do teu rosto, cada sinal da tua pele, cada cova do teu sorriso. Deixa-me sentir o teu perfume, olhar os teus olhos e pensar que podiamos ficar assim para sempre. Dorme sem medos enquanto eu me perco e me encontro em ti."

Escrito para alguém que se tornou especial em poucos dias e deixou uma marca boa. Realidade e não-realidade misturadas. Curiosamente parecido ao anterior, apesar de este ter sido escrito há quase um ano...

2 comentários:

Nuno disse...

Este texto é daqueles q nos fazem sonhar e sorrir ao mesmo tempo. Sonhar com momentos que guardamos para smp. Sorrir porque são momentos como este q descreves, q nos fazem acreditar no amor e na força q ele nos dá.
Destaco esta frase: "Deixa-te ficar aqui, neste silêncio bom em que se diz tanta coisa."

Simplesmente maravilhoso.

Gosto mto d te ler.

bjo
;)

Pin* disse...

gosto mesmo de te ler, gosto!*