segunda-feira, 27 de novembro de 2006

Escura e desarrumada.


"Oh no, here comes that sun again. That means another day without you, my friend. "


Sinto-me assim. Não quero pensar. Não quero chorar. Não quero desesperar. Quero o meu canto sem ti. Quero que feches a porta que deixaste aberta. Quero acreditar que saíste para outro poder entrar.

Acredito e agarro-me a essa crença tão falsa como o sol que nasce. O dia não é de sol. O dia é nublado, escuro, frio e feio. É assim que o vejo. É assim que estou por dentro. Escura e desarrumada.

2 comentários:

Martinha disse...

apenas acho que deves deixar de te sentir escura e desarrumada...
há tantas coisas lindas lá fora. quando te sentires assim, sai e vai espairecer :)

O mundo vale a pena ser observado... apesar de tantas coisas não estarem como quereríamos!

eu tenho um destes blogs mas nao me lembro da pass x')

Sis disse...

Mãos à obra! Temos de limpar o pó essa casa! M o pó só aparece se for muito usada (ou se durante mt tmp n for usada, o q m é o caso!)! Somos pessoas, ricas, sis! Cheias! Há vida em nós! Temos mesmo de, às x, ter pó.. Teias de aranha é q não!! hehe Bejos da Sis!